Estilo Azul>

Artistas & Repertório

Futura
OUÇA:

Futura
Corciolli, Emmanuele Baldini

O encontro de dois artistas que celebram o diálogo entre o violino, o piano e os sintetizadores eletrônicos.
  • Album
    1 Recuerdos de la Alhambra (Francisco Tárrega) 04:07
    2 Futura 04:07
    3 Deserts of Myself 04:50
    4 Quantum of Light 04:56
    5 Infinito, Op. 2 04:16
    6 Glacier 05:29
    7 Una Furtiva Lagrima (Gaetano Donizetti) 03:48
    8 Valsa Distante 05:37
    9 Canção do Amor Infinito 05:14
    10 Piano Sonata No. 8 in C Minor, Op. 13 "Pathétique": II. Adagio cantabile (Ludwig van Beethoven) 05:12
    11 Baroque Nouveau 05:06
    12 River 04:30

Sobre o produto:

Do casual encontro dos músicos no início de 2019, surgiu a ideia de produzir um álbum que apresentasse composições autorais e releituras para algumas peças do repertório clássico.

 

Corciolli, compositor e tecladista, nascido em São Paulo, iniciou seus estudos de piano com Nair Talbet, discípula de Magdalena Tagliaferro; com Cacho Souza e Claudio Leal Ferreira, aprimorou-se no estudo de música popular. A frente da gravadora Azul Music, fundada em 1993, vem desenvolvendo uma sólida discografia e produzindo importantes projetos, incluindo trilhas sonoras para cinema. Seu álbum “Imaginary Brazil”, sinalizou a aproximação do compositor com a música de câmara, trazendo peças autorais, que combinam um trio de piano/violino/cello, com sintetizadores eletrônicos e sequencers.

 

Emmanuele Baldini nasceu em Trieste, Itália; filho de renomados músicos e pedagogos, estudou violino com Corrado Romano, em Salzburg e Ruggiero Ricci, em Berlin. Ainda jovem, conquistou inúmeros prêmios internacionais, tais como “Premier Prix de Virtuosité avec distinction” em Geneva, e “Forum Junger Künstler” em Vienna. Foi spalla da Orchestra del Teatro Comunale di Bologna, Orchestra del Teatro Scala di Milano e Orchestra del Teatro Guiseppe Verdi. Desde 2005 é spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP); Além de fundador do quarteto de cordas da OSESP, é diretor musical, educador, regente e solista convidado de diversas orquestras em todo o mundo.

 

FUTURA apresenta 12 composições, sendo 9 de autoria de Corciolli e 3 releituras de peças eruditas: “Recuerdos de la Alhambra”, de Francisco Tárrega (1852-1909); “Una Furtiva Lagrima”, da Ópera L´elisir d´amore, de Gaetano Donizetti (1797-1848) e o segundo movimento “Adagio Cantabile” da Sonata para Piano No. 8, Op. 13 “Pathétique”, de Ludwig van Beethoven (1770-1827), em homenagem ao aniversário de 250 anos de seu nascimento.

 

O álbum expande fronteiras ao integrar diferentes mundos e percepções, mas, essencialmente, confirma a vocação natural dos artistas, que sempre buscaram em suas trajetórias,  desafios e novas perspectivas criativas. Os diálogos entre o violino e o piano, somados às texturas dos sintetizadores eletrônicos, se encontram nas diferenças, nos contrastes de som e silêncio... FUTURA se completa com a participação do violoncelista Renato de Sá, nas faixas "Quantum of Light", "Valsa Distante", "Baroque Nouveau" e "Deserts of Myself" - esta última, também com a voz da cantora amapaense Patricia Bastos.