Mozart: Piano Sonatas K. 279, K. 280, K. 281 and K. 282

“Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) evidenciou sua personalidade emotiva em cada nota que compôs, sem deixar, contudo, de ordenar seu legado musical com um apurado sentido da forma. A racionalidade, a coesão e o equilíbrio do discurso clássico estão intensamente presentes em toda a sua produção, sem prejuízo da espontaneidade expressiva que o caracteriza”. Com essas palavras, o compositor e crítico musical Ronaldo Miranda introduziu a apresentação do primeiro volume da integral das sonatas para piano de Mozart, interpretadas por Clara Sverner.

As primeiras sonatas para piano escritas pelo compositor austríaco surgiram em 1775, quando ele tinha dezenove anos e trabalhava como concertmaster para o arcebispo de Salzburgo. Impregnadas de frescor juvenil, as peças já soam como obras maduras e perfeitamente acabadas. As quatro primeiras sonatas que compõe esse primeiro volume (K. 279, em Dó Maior; K. 280, em Fá Maior; K. 281 em Si Bemol Maior e K. 282 em Mi Bemol Maior) são obras-primas da literatura pianística do século 18, preciosos exemplos de rigor e liberdade no exercício da criação musical.

Intérprete inquieta e original, Clara construiu ao longo de uma expressiva e bem-sucedida carreira, um legado de memoráveis gravações que refletem sua permanente ousadia. Ao se debruçar sobre as dezoito sonatas para piano de Mozart, a pianista reveste suas interpretações de cores vivas e precisão estética, sem nunca perder de vista o equilíbrio, oferecendo uma leitura majestosa do universo mozartiano.

Sugestões

imagem da capa do album

Reminiscenses, Vol. 2

Obras que marcaram a adolescência da pianista, em interpretações intimistas.
Foto da album Clara Sverner

Reminiscenses, Vol. 1

Obras que marcaram a adolescência da pianista, em interpretações intimistas.

Ravel + Debussy

Antologia de obras consagradas de dois dos maiores compositores da música francesa, mestres do impressionismo.

Chopin

Obras de Frédéric Chopin, interpretadas pela aclamada pianista. FINALISTA 12º LATIN GRAMMY 2011 - Melhor Álbum de Música Clássica.

Mozart: Piano Sonatas K. 533, K. 545, K. 570 and K. 576

Quinto volume das sonatas para piano de Mozart, por Clara Sverner.

Mozart: Piano Sonatas K. 332, K. 333, K. 475 and K. 457

Quarto volume das sonatas para piano de Mozart, por Clara Sverner.

Mozart: Piano Sonatas K. 311, K. 310, K. 330 and K. 331

Terceiro volume das sonatas para piano de Mozart, por Clara Sverner. FINALISTA 10º LATIN GRAMMY 2009 - Melhor Álbum de Música Clássica.

Mozart: Piano Sonatas K. 283, K. 284 and K. 309

Segundo volume das sonatas para piano de Mozart, por Clara Sverner. Vencedor do PRÊMIO TIM 2005 - Melhor álbum de música erudita.

Chiquinha Gonzaga

Interpretações magistrais no piano, da obra de uma das maiores compositoras brasileiras.