Raïff Dantas Barreto

Violoncelista paraibano, Raïff Dantas Barreto, iniciou seus estudos com Nelson Campos, posteriormente se aprimorando no Conservatório Arrigo Boito, em Parma na Itália, onde foi aluno de Enrico Contini. Como solista, atuou à frente de importantes orquestras brasileiras e internacionais, sob a regência de Eleazar de Carvalho, Leon Spierer, Ira Levin, John Neschling e Ligia Amadio, entre outros.

Estreou no Brasil três obras seminais no repertório do violoncelo: Cello Concerto No. 2, Op. 126 do compositor russo Dmitri Shostakovich, Cello Concerto No 2 in C minor, Op 77, do também russo Dmitri Kabalevsky, e a Sinfonia Concertante for Violin, Cello and Orchestra, Op. 29 do húngaro Miklos Rosza. Na música popular atuou e gravou com o Quinteto da Paraíba, Chico César, Toninho Ferraguti, André Mehmari e Arrigo Barnabé, entre outros. Vem desenvolvendo ao longo dos anos, uma sólida carreira discográfica, com vários álbuns – solo ou em parcerias – notavelmente aclamados pela crítica e público.

Desde 2001, é primeiro cello da Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal de São Paulo.

ÁLBUNS

Brazilian Music for Oboe & Cello

,
Obras selecionadas de compositores brasileiros, em duos e solos para oboé e violoncelo.
Capa Beethoven Duets

Beethoven: Duets

,
Seleção de obras de Ludwig van Beethoven, escritas para dois instrumentos, em memoráveis interpretações.
Capa do album

Libera Me

Antologia de obras clássicas em arranjos para quarteto, quinteto e octeto de cellos.
capa do album

Miniaturas Brasileiras

Obras de compositores brasileiros, em arranjos para duo, trio e quarteto de cellos, interpretadas pelo violoncelista paraibano.
capa J. S. Bach: Cello Suites No. 1, 2 & 3

J. S. Bach: Cello Suites No. 1, 2 & 3

Três suítes para violoncelo de Johann Sebastian Bach, interpretadas por Raïff Dantas Barreto.
capa do album Francisco Mignone - Valsas

Francisco Mignone – Valsas

16 valsas para fagote solo, de Francisco Mignone, transcritas e interpretadas no violoncelo.